Literatura

Obra Completa de Jim Morrison lançada no Folio

Obra Completa de Jim Morrison lançada no Folio

A obra completa de Jim Morrison, vocalista dos Doors, em edição bilingue, foi, este domingo, lançada, no Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos, numa edição da Editora Narrativa para mostrar o poeta por trás do cantor.

O livro que deveria ter sido apresentado no primeiro fim de semana do festival "sofreu alguns atrasos" na produção que "foi um verdadeiro empreendimento" e que hoje foi, finalmente apresentado por André Andraus, editor do Grupo Narrativa, o tradutor Vasco Amaral e Marco Mendes, responsável pela página "Doors Portugal".

A obra, fiel à compilação já existente em língua inglesa, reúne toda a poesia, os diários, as transcrições e as letras de Jim Morrison.

No ano em que se completam 50 anos do vocalista dos Doors a editora aposta na publicação em português da obra que pretende "dissociar Jim Morrison, o cantor e vocalista dos Doors, de James Douglas Morrison, o poeta" que, sublinhou André Andraus, "era assim que queria ser conhecido, como escritor".

O objetivo "é apresentar Jim Morrison como ele era na intimidade e relativamente à sua escrita e poesia", explicaram os responsáveis pela obra que compila os poemas escritos pelo autor em "20 ou 30 blocos, alguns dos quais com títulos, que foram aproveitados para dar título à série de poemas neles inscritos".

A obra inclui ainda textos escritos em envelopes ou guardanapos de restaurantes, fotografias conhecidas e outras inéditas, letras de canções dos Doors e outras nunca divulgadas ou musicadas e até um argumento de um filme, apresentado num festival de Cinema em Vancouver, em 1960, mas que nunca chegou a ser comercializado.

"Não terá havido outro poeta no século XX com uma carreira tão curta e tão poderosa", afirmou Marco Mendes, na conversa em que os responsáveis pela obra deixaram claro que Morrison se interessou por várias artes.

PUB

Um percurso que fica agora patente nas 584 páginas dedicadas ao artista que, desiludido com os Estados Unidos da América se refugiou em Paris, onde viria a morrer, há 50 anos.

O lançamento da obra marcou o último dia do Folio, que encerra depois de 11 dias de literatura e folia na vila de Óbidos onde 175 autores e escritores participam na edição que tem como tema "O outro".

O festival marca o regresso dos eventos presenciais a Óbidos, no distrito de Leiria, com a realização de mais de 160 atividades previstas no programa que integra 16 mesas de autor e debates no Folio Autores, 35 iniciativas no Folio Educa, 75 eventos do Folio Mais, Banda Desenhada e Folio Ilustra, 23 concertos e 12 exposições.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG