Exclusivo

Barça de gala tira a coroa a leão desinspirado

Barça de gala tira a coroa a leão desinspirado

"Culés" dominam final da Liga dos Campeões, conquistam o troféu pela quarta vez e impedem o campeão português de revalidar o título na Letónia. Benfica fica no terceiro lugar.

Ainda não foi desta que uma equipa portuguesa revalidou o título de campeã da Europa. Tal como em 2020, o Sporting voltou a facilitar nesse propósito, caindo, desta vez, na final e num duelo com o Barcelona que só foi equilibrado nos primeiros minutos. O 4-0 espelha a diferença de rendimento dos dois finalistas e castiga a desinspiração da equipa liderada por Nuno Dias, que nunca mais se levantou depois de ficar para trás no marcador.

Aos 16 minutos, Lozano abriu caminho ao triunfo do Barça, antes de Pito fazer Zicky pagar caro por uma perda de bola em zona perigosa. O 2-0 ao intervalo replicava a final da época passada, que o Sporting ainda ganharia, só que os primeiros segundos da segunda parte deitaram por terra qualquer esperança num feliz "déja vu". Ferrão voltou a mostrar dotes de craque e assinou o terceiro golo dos "blaugrana", que, à eficácia atacante, juntaram uma solidez defensiva impressionante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG