Hóquei em Patins

Sporting vence Lleida e revalida Taça Continental

Sporting vence Lleida e revalida Taça Continental

O Sporting conquistou, este sábado, a Taça Continental de hóquei em patins pela segunda vez consecutiva, ao vencer (3-1) os espanhóis do Lleida, num encontro que os leões foram dominadores e não permitiram aos espanhóis discutirem o resultado.

A equipa lisboeta voltou a erguer um troféu que venceu em 29 de setembro de 2019, quando derrotou o F. C. Porto, por 3-2, num jogo disputado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Este sábado, na casa do adversário, o pavilhão Desportivo de Mollerussa, em Lérida, João Almeida, aos 17 minutos, Romero, aos 30, e João Souto, aos 47, anotaram os golos 'leoninos.

Ao contrário do formato habitual, a discussão do título realizou-se este ano num só jogo, no qual a equipa portuguesa teve de apresentar-se paciente, para contrariar a mentalidade mais defensiva dos espanhóis, que agiram na expectativa e abusaram da circulação da bola.

Os leões defrontam um conjunto menos objetivo, mas o guarda-redes Ângelo Girão teve de aplicar-se em dois lances que podiam ter dado o golo dos locais, concretamente um livre direto e uma grande penalidade, em resposta ao golo inaugural da partida, da autoria de João Almeida.

A transição rápida leonina possibilitou ao hoquista português ficar na cara de Martí Serra e, com um toque subtil, colocar a bola no fundo da baliza, aos 17 minutos.

Pouco depois, seguiu-se uma nova boa chance para a formação orientada por Paulo Freitas, mas Toni Pérez não teve a astúcia necessária para bater o guardião adversário, que defendeu com o capacete.

PUB

Apesar de ter obrigatoriamente ir em busca de marcar golos para, no mínimo, discutir o resultado, o Lleida não abdicou do bloco baixo e deparou-se com maiores dificuldades para almejar a baliza de Girão.

A preocupação passava por não sofrer mais e impedir transições dos 'leões', que tinha outras armas para desmontar a barreira defensiva espanhola, mais uma vez ultrapassada, quando, aos 30 minutos, João Almeida bloqueou o defesa adversário e serviu Nolito para o segundo.

A 10 minutos do fim, o Lleida voltou a ter uma boa chance para tentar 'abanar' o Sporting, mas Seri Folguera, da marca da grande penalidade, esbarrou no inteligente Ângelo Girão, que soube contemporizar e obrigar o adversário a precipitar-se.

Nolito ainda teve no 'stick' a oportunidade de dar a 'machada' no resultado, porém Martí Serra -- provavelmente o melhor dos espanhóis, defendeu o livre direto e, na recarga, viu a bola ir 'direitinha' à barra da baliza.

O treinador Albert Folguera pediu à equipa para arriscar e partir para cima do Sporting, completamente 'blindado' por Girão, que defendeu sempre, enquanto no ataque João Souto garantiu a conquista, antes de uma nova bola embater no 'ferro' espanhol.

Ficha de jogo:

Nos últimos segundos, o Lleida conseguiu o tão desejado golo, através de Andreu Tomàs

Jogo no Pavilhão Desportivo de Mollerussa, em Lleida

Lleida -- Sporting, 1-3

Ao intervalo: 0-1

Marcadores:

0-1, João Almeida, 17 minutos; 0-2, Romero, 30; 0-3, João Souto, 47; 1-3, Andreu Tomàs, 50

Sob a arbitragem do português Joaquim Pinto e do espanhol Sergi Mayor, as equipas alinharam:

Lleida: Martí Serra, Joan Cañellas, Oriol Vives, Andreu Tomàs e Josep Maria 'Jepi' Selva. Jogaram ainda Albert Fillat, Bruno di Benedetto, Sergi Duch, Jordi Badía e Sergi Folguera.

Treinador: Albert Folguera.

Sporting: Angelo Girão, Nolito, Toni Pérez, Alessandro Verona e Matias Platero. Jogaram ainda Zé diogo, João Almeida, Gonçalo Nunes, João Souto e Henrique Magalhães.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG