Porto e Gaia

STCP altera percursos e paragens devido às obras na ponte e do metro

STCP altera percursos e paragens devido às obras na ponte e do metro

Algumas linhas de autocarros da STCP vão sofrer alterações, a partir desta quinta-feira, devido às obras no tabuleiro inferior da Ponte Luís I, travessia que liga Porto a Gaia e que, durante um ano, vai estar encerrada ao trânsito. Por causa do alargamento da rede do metro na cidade do Porto, algumas paragens vão ser relocalizadas também a partir desta quinta-feira.

As linhas afetadas pelo corte da circulação na ponte são a 900, a 901, a 906 e a 11M. O trajeto do autocarro 900 será assegurado por duas variantes e não haverá nesta linha travessia sobre o Douro. A variante do Porto fará a ligação entre a Cordoaria e S. Bento, enquanto a de Gaia ligará a ponte a Santo Ovídio, com algumas alterações no trajeto habitual.

Quanto às linhas 901 e 906, a travessia do rio será feita pela Ponte do Infante. No Porto, os autocarros partem da Trindade, seguem por S. Bento e desviam para a Sé e Batalha (Duque de Loulé), passando depois a fazer o mesmo percurso das linhas 904 e 905. Em Gaia, seguem pela Avenida da República, viram na Rua Daniel Serrão e vão pelas ruas General Torres e Jau, retomando o percurso habitual na rotunda junto à estação ferroviária de General Torres até chegarem ao destino, Madalena ou Valadares.

PUB

No sentido inverso, Gaia-Porto, os autocarros fazem o percurso habitual até à rotunda junto à estação de General Torres, seguindo depois pela rua Luís de Camões, Alameda Serra do Pilar, Rua Gonçalves Zarco, Avenida D. João II e Ponte do Infante. No Porto, assumem o percurso das linhas 904 e 905 e a viagem termina na Trindade.

Também os autocarros da linha 11M sofrem alterações no trajeto e vão atravessar o Douro pela Ponte do Infante. No sentido Hospital de S. João-Coimbrões, o trajeto é: Praça Almeida Garrett, Avenida D. Afonso Henriques, Rua Saraiva de Carvalho, Rua General Sousa Dias, Rua Alexandre Herculano, Ponte do Infante, Rua Gonçalves Zarco, Rua Rodrigues de Freitas, Avenida da República, Rua Daniel Serrão e Rua General Torres, continuando depois o percurso normal.

De Coimbrões para o Porto, as mudanças levam o trajeto a fazer-se da seguinte forma: Rua de Jau, Rua Luís de Camões, Alameda Serra do Pilar, Rua Gonçalves Zarco, Ponte do Infante, Rua das Fontainhas, Avenida Rodrigues de Freitas, Rua Duque de Loulé, Rua Alexandre Herculano, Praça da Batalha, Rua Santa Catarina, Rua Passos Manuel e Praça D. João I, a partir de onde retoma o percurso normal.

NOVAS PARAGENS

Também a partir desta quinta-feira, as obras que decorrem no centro da cidade do Porto com vista ao alargamento da linha do metro vão obrigar a STCP a mudar paragens em 14 linhas.

As alterações são:

Linha 200 (sentido Bolhão): paragem junto ao teatro Sá da Bandeira, abandona o percurso por Gonçalo Cristóvão e assume os dois sentidos da Rua Sá da Bandeira.

Linhas 201, 208 e 501: penúltima paragem junto ao metro dos Aliados, término e início de linha junto ao shopping da Trindade.

Linha 400: penúltima paragem na Praça D. João I, término e início de linha junto ao shopping da Trindade. Sentido Parque Nascente com paragem junto à praça da Liberdade, plataforma central.

Linha 500: término e início em S. Bento (Avenida D. Afonso Henriques).

Linhas 901 e 906: paragens na Batalha e Praça D. João I, mantém-se atual término na Trindade e mantém-se paragem nos Aliados, no sentido Gaia.

Linhas 904 e 905: término e início de linha na Trindade, junto ao metro e parque de estacionamento. Sentido Gaia, paragem junto à Praça da Liberdade, na plataforma central.

Linhas 1M (Matosinhos) e 10M (Vila d'Este): param na plataforma central, na parte de baixo dos Aliados

Linha 3M: término e início na Praça General Humberto Delgado (poente).

Linha 11 M: recua para a parte superior da Avenida dos Aliados (poente).

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG