Exclusivo

Poste de alta tensão em área protegida de Vila do Conde

Poste de alta tensão em área protegida de Vila do Conde

EDP garante legalidade da obra, que a Câmara de Vila do Conde afirma desconhecer. Comissão de Desenvolvimento Regional diz que falta parecer da Agência do Ambiente.

A E-Redes, antiga EDP Distribuição, está a montar um poste de alta tensão na Espinheira, em Tougues, Vila do Conde. A estrutura está quase em frente à praia fluvial, em zona de Reserva Ecológica Nacional (REN), a dois metros do rio Ave, em domínio hídrico. A Câmara diz desconhecer a obra. A E-Redes diz que está tudo legal, mas a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) afirma que falta um parecer da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), entidade que não respondeu às questões do JN em tempo útil.

"Trata-se de uma zona ambientalmente sensível, com potencial de valorização turística e fiquei estupefacto", afirma Telmo Laranja Pontes, do PS, que em julho escreveu à presidente da Câmara, Elisa Ferraz. Perguntou se a autarquia sabia, se foram pedidas licenças e se havia forma de evitar a instalação do poste ao lado do açude da Espinheira. O deputado socialista continua a aguardar resposta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG