Guarda Costeira

Onze pessoas desapareceram após incêndio em ferry ao largo da Grécia

Onze pessoas desapareceram após incêndio em ferry ao largo da Grécia

Onze pessoas foram dadas como desaparecidas após um incêndio ter sido deflagrado num 'ferry' de bandeira italiana, ao largo da ilha grega de Corfu, declararam as autoridades da Grécia, esta sexta-feira.

Do total de 290 pessoas registadas a bordo, incluindo 51 tripulantes italianos e gregos, 278 foram resgatados, mais um migrante ilegal, cuja presença levantou receios de haver passageiros adicionais no ferry, declarou a guarda costeira grega.

As autoridades gregas dizem que bombeiros e especialistas em resgate também socorreram dois motoristas de camião que ficaram retidos dentro do 'ferry' em chamas.

Os dois motoristas retidos na embarcação aguardaram o resgate por helicóptero, que exigiu a ajuda das forças especiais do corpo de bombeiros devido ao fumo que continuava a sair da embarcação.

Os passageiros do Euroferry Olympia, de bandeira italiana, foram transferidos para barcos salva-vidas e transportados para a ilha grega de Corfu, de acordo com a guarda costeira grega.

O acidente ocorreu esta madrugada ao largo da costa norte da ilha grega de Corfu, no Mar Jónico, entre a Grécia e a Albânia.

A causa do incêndio ainda não é conhecida e foi lançada uma investigação, segundo a guarda costeira grega.

PUB

A empresa proprietária do ferry, com sede na Itália, disse que o incêndio começou num porão onde os veículos estavam estacionados. As autoridades gregas declararam que o 'ferry' transportava mais de 153 camiões e 32 carros.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG