Exclusivo

A nova vida do tabuleiro superior da Ponte Luís I

A nova vida do tabuleiro superior da Ponte Luís I

É o mais recente ponto de atração do Porto. Com a passagem inferior vedada, para permitir as obras de reabilitação, a travessia mais alta da Ponte Luís I é chamariz para enchentes diárias, seja qual for o motivo. E sem medo das alturas ou da passagem constante do metro. Há mesmo quem lhe chame um "percurso sagrado".

Quem vê ao longe parece mar de gente sem fim, seja qual for o dia da semana, faça chuva ou o sol de inverno desponte, seja às primeiras horas da manhã ou ao anoitecer. Desde o encerramento para obras de reabilitação do tabuleiro inferior da Ponte Luís I, em outubro, que o superior ganhou nova vida, com multidões a atravessá-lo a pé, a demorarem-se num passeio, a usá-lo como ponto perfeito para captar fotografias únicas do Porto ribeirinho e até a pedi-lo emprestado para exercitar o corpo numas pedaladas de bicicleta ou num jogging esforçado.

"São centenas de pessoas diariamente. Antes das obras já havia movimento, claro, mas não era tanto como agora", confirma Maria José Azevedo, 47 anos, proprietária da Cafetaria Mais Um, mesmo à entrada do tabuleiro, do lado do Porto. "Já se vão notando alguns turistas, mas cada vez mais portugueses. Sobretudo ao fim de semana, embora de segunda a sexta-feira seja também impressionante", conta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG