Opinião

Poderes de compra num país encolhido

Poderes de compra num país encolhido

De tempos a tempos, surge a divulgação de indicadores de qualidade de vida ou de poder de compra a nível municipal, no nosso país.

Seja por iniciativa de entidades estatísticas, seja em parceria com órgãos da Comunicação Social ou associados a unidades de investigação ou de estudo, sediadas ou não em instituições do Ensino Superior, ficamos a saber qual o rendimento médio estimado de cada concelho, o respetivo poder de compra ou construções mais amplas relativas à qualidade de vida.

Como em qualquer tabela classificativa, os melhores espaços ficam em melhor posição para a vanglória dos munícipes interessados. Enquanto isso, os espaços no fundo da tabela procuram que a informação não seja assim valorizada. Quer uns quer outros são infantis nestas espontaneidades.

Num país que perde população na larga maioria das suas divisões administrativas, a evolução do poder de compra - eventualmente a melhoria em muitas destas divisões administrativas não é propriamente motivo de satisfação que compense a perda demográfica.

Num país que perde população, a melhoria do poder de compra ou do rendimento médio em vários concelhos mostra a conjugação combinada das forças de numerador (evolução da produtividade, deslocação de ativos para os setores de maior valor acrescentado e maiores fluxos remuneratórios dos fatores de produção) mas também mexidas no vetor do denominador.

E aqui realidades pouco positivas ajudam a explicar o sol de outono destes indicadores: a concentração dos ativos do concelho como funcionários públicos, a emigração dos ativos menos remunerados e até a redução dos preços relativos pela baixa dinâmica dos mercados podem estar a intervir em muitos casos.

Enquanto a gestão da dívida pública o permitir ou os mercados regionais não ficarem instáveis, o sol de outono vai dando para passeios airosos. Pelas paisagens e pelos indicadores.

PUB

*Professor do Departamento de Economia da UMinho

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG