Incêndios

Julgamento

MP pede condenação do comandante dos Bombeiros de Pedrógão Grande

A procuradora do Ministério Público pediu, esta quarta-feira de manhã, a condenação de Augusto Arnaut, comandante dos Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande, com "pena de prisão efetiva superior a cinco anos" pelos crimes que lhe foram imputados, no âmbito do julgamento das mortes nos incêndios de 17 de junho de 2017. Defendeu ainda a condenação de Casimiro Pedro, trabalhador da EDP Distribuição.

Imagens

Últimas