Festival

Óbidos propõe mergulhar na literatura e viagens ao longo de quatro dias

Óbidos propõe mergulhar na literatura e viagens ao longo de quatro dias

A partir de quinta-feira e até domingo, Óbidos volta a abrir as portas a um evento literário, desta vez, associado às viagens. Após dois anos de interregno, devido à pandemia, o Latitudes - Literatura e Viajantes regressa com a quarta edição.

Ao longo de quatro dias, Óbidos proporciona aos visitantes a possibilidade de participarem em workshops e oficinas sobre fotografia, leitura, desenho e literatura, de assistirem a exposições de pintura e de desenhos, e de adquirirem livros numa feira solidária.

A inauguração da exposição Sketch Tour PT Reload, no Museu Abílio de Mattos e Silva, assinala o arranque do programa, às 11 horas de quinta-feira, com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. Destaque ainda para a conferência "Turismo literário enquanto produto artístico", às 15 horas, no Hotel Josefa de Óbidos.

O investigador em Fernando Pessoa e consultor em Turismo Literário Fabrizio Boscaglia, a especialista em marketing e comunicação Madalena Rodrigues e o escultor Carlos Oliveira, que executará uma peça alusiva a Pessoa, durante a tertúlia sobre livros, são os oradores do encontro.

Saramago inspira jantar literário

O primeiro dia do Latitudes contará ainda com palestras sobre viagens, apresentações de livros e de roteiros. Às 20 horas, decorrerá o jantar literário "Viagem a Portugal", inspirado na obra de José Saramago. Na sexta-feira, o evento será assinalado com uma aula aberta sobre literatura de viagens, a inauguração de uma exposição e uma palestra sobre mulheres viajantes.

No sábado, haverá uma caminhada guiada pelas inscrições medievais de Óbidos, uma conversa sobre literatura de viagem e antropologia e será proposta aos visitantes uma "Viagem interna, psicológica de construção e estudo de personagens". Segue-se a apresentação da série documental "Viagem a Portugal", mais duas conversas sobre viagens, uma prova de queijos portugueses e de vinhos franceses, e a tertúlia sobre Marrocos e "Peregrinação - Os Passos do Espírito".

PUB

O evento literário e de viagens encerra no domingo, com um dia preenchido com conversas, palestras, conferências, deambulações por Portugal de outrora, uma sessão de poesia e a apresentação do livro "Os Retornados de Xangai - Histórias de Portugueses do Oriente", de António Caeiro. Será ainda inaugurada a segunda residência literária Ruy Belo, para incentivar autores a escreverem sobre Óbidos.

No final de cada dia, às 21.30 horas, estão programados concertos e espetáculos, no Auditório Municipal Casa da Música, menos no domingo, que decorrerá às 18 horas. Todas as atividades incluídas no programa são gratuitas, à exceção das propostas gastronómicas e de algumas oficinas e workshops.

O Latitudes é organizado pela Câmara Municipal de Óbidos, em parceria com a Óbidos Criativa, a Ler Devagar e a Associação Óbidos Vila Literária.

O programa pode ser consultado em obidos.pt.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG