Inglaterra

Michael Carrick desvaloriza condição de suplente de Ronaldo

Michael Carrick desvaloriza condição de suplente de Ronaldo

O treinador interino do Manchester United, Michael Carrick, desvalorizou o facto de Cristiano Ronaldo ter começado no banco de suplentes (entrou aos 64 minutos), na partida contra o Chelsea, para a 13.ª jornada da Premier League

"Esse tipo de decisões parece ser muito maior do que realmente é e gera reações exageradas. Há vários motivos que levam à tomada de uma decisão, mas não acho que tenha sido uma decisão crítica. Todos aceitaram muito bem, o jogo correu bem e não existe problema algum", esclareceu o técnico inglês.

Os 'red devils' até conseguiram empatar contra o líder, Chelsea, num jogo em que o capitão da Seleção Nacional viu amarelo (90+2 minutos). A última vez que o avançado português começou no banco foi na partida da sétima jornada da Liga, contra o Everton (2 de outubro), tendo acabado por entrar aos 57 minutos.

Carrick, que rendeu de forma interina o norueguês Ole Gunnar Solskjaer, despedido devido aos maus resultados, ainda vai orientar os 'red devils' na quinta-feira, frente ao Arsenal, uma vez que o novo treinador, Ralf Rangnick, ainda aguarda pelo visto de trabalho em Inglaterra.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG