15.05.2022

Fotogaleria

F. C. Porto voltou a erguer a taça no salão de festas da cidade

F. C. Porto voltou a erguer a taça no salão de festas da cidade

Milhares de adeptos aguardaram na Avenida dos Aliados, no Porto, para celebrar com a equipa do F. C. Porto a vitória no campeonato. Jogadores foram recebidos na câmara e levantaram a taça na varanda.

Após a vitória por 2-0 frente ao Estoril Praia, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga, e de receber o troféu de campeão nacional no relvado do Estádio do Dragão, no Porto, a comitiva do clube campeão nacional rumou à baixa da cidade, num trio elétrico, que percorreu lentamente as ruas da cidade, até à Avenida dos Aliados.

Neste local, já milhares de adeptos preenchiam a Avenida dos Aliados, enquanto a equipa era recebida na Câmara Municipal do Porto pelo presidente Rui Moreira, que entregou ao clube, e ao presidente portista, Pinto da Costa, a chave da cidade Invicta, no interior do edifício.

Seguiu-se a subida dos campeões nacionais à varanda dos Paços do Concelho, num contacto direto com os adeptos, que celebravam, em êxtase, a conquista dos 'dragões'.

O tradicional palco das celebrações azuis e brancas foi o local de confluência de todas as centenas de pessoas que se foram agrupando, desde o Estádio do Dragão, num percurso que tardou uma hora, permitindo o avolumar da multidão.

Foi já no domingo, por volta da 00:10, que os 'dragões' subiram à varanda da Câmara Municipal do Porto e ergueram novamente o troféu, para gáudio dos adeptos presentes na baixa portuense.

Depois, os jogadores, um a um, foram sendo chamados e percorreram uma passadeira colocada no centro da avenida, dirigindo aos milhares de adeptos palavras de felicidade e amor ao clube, enquanto eram felicitados por aplausos e cânticos.

O treinador Sérgio Conceição, que celebra o título de campeão pela terceira vez no comando dos 'azuis e brancos', mas também o capitão Pepe, o médio Otávio e o lateral Zaidu foram dos mais felicitados pela conquista da edição de 2021/22 da I Liga portuguesa.

O F.C. Porto, que tinha assegurado a conquista do título no terreno do Benfica, na semana passada, com um golo do defesa nigeriano Zaidu, concluiu o campeonato com a marca recorde de 91 pontos, mais seis do que o antecessor Sporting, segundo classificado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG