Exclusivo

Guerra castiga criptomoedas e ouro pode ganhar terreno

Guerra castiga criptomoedas e ouro pode ganhar terreno

Com perda de 2,8 mil milhões de euros numa cripto da moda e perspectivas de recessão económica, os investigadores estão a regressar a ativos mais seguros.

A guerra na Ucrânia tem afetado o valor das criptomoedas e até houve uma, a luna, que perdeu três mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros) em poucas horas. A bitcoin, a mais valiosa e famosa das criptomoedas, desvalorizou-se 21% no último mês, ao passo que o ouro, a valer cerca de 1846 dólares, praticamente não desceu e há previsões de poder subir acima dos 2000 dólares nos próximos meses. Quem investiu há pelo menos dois anos, ainda está a ganhar 6,6% no ouro e 226,7% na bitcoin (BTC). Mas a antecipação da subida dos juros e a possível recessão económica estão a levar os investidores a procurar outros ativos de refúgio.

Depois de ter batido recordes históricos em novembro do ano passado, a bitcoin tem estado sempre a perder valor, desde que começou a guerra na Ucrânia, tal como outras criptomoedas. O ouro valorizou-se, desceu e parece ter estabilizado, havendo perspetivas de poder aumentar quase 10% este ano. "Recomendamos entradas longas no ouro ao preço de mercado com dois targets: 1895 e 2027 dólares e stop loss a 1750 dólares", aconselhou, esta semana, a corretora online XTB.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG