"Educação contribui para níveis elevados de desenvolvimento social e económico"

"Educação contribui para níveis elevados de desenvolvimento social e económico"
Produzido por:
Brand Story

O Lidl Portugal explicou ao JN como surgiu a ideia de apostar na Educação como a área alvo da terceira edição do Programa "Mais Ajuda", que promove com a parceria da Rádio Renascença, RFM e Mega Hits, com a mentoria da Beta-i.

Como surgiu a ideia de direcionarem o foco do terceiro Programa "Mais Ajuda" para a Educação?

A pandemia veio agravar as desigualdades sociais e aumentar a taxa de pobreza em Portugal, e é sabido que quanto maior o nível de educação, maior a probabilidade de alguém estar empregado e ter melhores salários, pelo que o tema é altamente pertinente e atual. Adicionalmente, efetuámos um inquérito aos nossos clientes, através da nossa newsletter, e 47% dos mesmos considerou que os desafios mais preocupantes são o emprego e a pobreza/exclusão social, pelo que a escolha da Educação responde ainda a uma preocupação real.

Em que medida investir nesta área pode mitigar das diferenças sociais e económicas na sociedade portuguesa?

A Educação ao longo da vida não é apenas um benefício pessoal, contribui também para níveis elevados de desenvolvimento social e económico, nomeadamente a capacitação da população com competências e qualificações para o mercado de trabalho, permitindo assegurar empregos estáveis, de qualidade que as escudem e às famílias da pobreza e exclusão social.

Que tipo de projetos esperam que os candidatos apresentem?

Esperamos ver projetos inovadores, ambiciosos e estruturados, com uma clara visão do propósito a que se destinam, tendo a Educação - independentemente da faixa etária à qual se destinam - como ferramenta para reduzir assimetrias sociais.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG