Exclusivo

Procura turística na Páscoa será idêntica à época pré-pandémica

Procura turística na Páscoa será idêntica à época pré-pandémica

Taxa de ocupação prevista é de 70% a 80%, mas muitas unidades hoteleiras já têm as reservas esgotadas.

A Páscoa deste ano será a primeira com números de procura, por turistas estrangeiros, muito próximos dos verificados em 2019, antes da pandemia, e considerado o ano maior do turismo em Portugal. A taxa de ocupação prevista ronda os 70% a 80 %, mas há hotéis em que as reservas estão já fechadas. Como de costume, os espanhóis representam a maior parte das dormidas. Seguem-se franceses, alemães, britânicos e irlandeses. Estes números vêm a reboque dos dois primeiros meses deste ano. Em fevereiro, o alojamento turístico recebeu 1,2 milhões de hóspedes e somou 2,9 milhões de dormidas, segundo o INE. Foram os turistas estrangeiros quem mais contribuiu para a recuperação registada, com 1,8 milhões de dormidas no país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG