Viseu

Polícias salvam mulher agredida que recusou sair de casa

Polícias salvam mulher agredida que recusou sair de casa

Um homem de 48 anos foi detido pela PSP de Viseu por violência doméstica, injúrias e agressões. O suspeito tinha ameaçado e sequestrado a companheira no quarto.

Na tarde de domingo, a PSP de Viseu acorreu a uma situação de violência doméstica no bairro 1.º de Maio. No local, a mulher que os havia chamado explicou que o companheiro estava sob influência de álcool e drogas e bastante agressivo, tendo inclusive provocado danos materiais no interior da casa. Além disso, ameaçou-a de morte.

Os polícias tomaram conta da ocorrência e informaram a mulher de que poderia usufruir das várias respostas existentes na cidade para proteger e acolher vítimas de violência doméstica. A mulher recusou e optou por ficar em casa.

Os polícias aceitaram a decisão da vítima e abandonaram a habitação. Porém, como medida de precaução aguardaram um pouco junto à entrada do prédio. Bastaram alguns minutos para se ouvirem grandes estrondos e gritos.

Os PSP regressaram de imediato à habitação e exigiram que lhes abrissem a porta. Após insistência, o agressor abriu-a, tentando agredir os polícias. Foi-lhe dada voz de detenção.

A mulher tinha sido trancada no quarto pelo suspeito e foi auxiliada pelos polícias.

PUB

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG