Exclusivo

Transitário passava falsas declarações de covid a traficantes de droga

Transitário passava falsas declarações de covid a traficantes de droga

Cruzavam a fronteira para ir comprar droga a Espanha no auge da pandemia. Empresário recebia entre 1500 e 2500 euros. Três condenados a prisão efetiva.

Quatro homens foram condenados pelo Tribunal de Matosinhos por tráfico de droga a penas de prisão entre os quatro anos e dois meses e cinco anos e oito meses. No auge da pandemia, iam buscar haxixe ao Sul de Espanha para vender na zona do Grande Porto. Um deles, dono de uma empresa de transportes, passava justificações para os outros cruzarem a fronteira e vai agora perder mais de 1,4 milhões de euros para o Estado. Recorreram, mas a Relação do Porto manteve as penas.

Os factos ocorreram em 2020. Um dos arguidos queria ir comprar haxixe a Málaga e convidou um amigo que conhecia a zona para ir consigo e facilitar os contactos com fornecedores. Porém, havia um problema. Por causa da covid-19, as fronteiras estavam fechadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG