Viseu

Usa escada para entrar na casa de ex-companheira, que o acusa de a ter esfaqueado  

Usa escada para entrar na casa de ex-companheira, que o acusa de a ter esfaqueado  

Um homem, de 42 anos, foi detido na última noite pela PSP de Viseu, por violência doméstica. Por volta da meia-noite e meia, o indivíduo usou uma escada para subir até uma varanda da habitação da antiga companheira, com quem viveu durante cinco anos.

Já no edifício partiu um vidro para entrar em casa, tendo depois esfaqueado a vítima, de 48 anos, numa mão.

"De acordo com informações da ex-companheira, ele foi atrás dela no sentido de a agredir com a faca. Ela deu algumas voltas dentro da casa, conseguiu fugir para o exterior e gritar para pedir ajuda", explicou ao JN o subcomissário Luís Santos, comandante da esquadra de Viseu da PSP, acrescentando que a mulher acabou por ser socorrida por familiar que se encontrava nas proximidades.

"Ele conseguiu desarmar o indivíduo e manietá-lo, no entanto, ele colocou-se em fuga", referiu.

A polícia foi chamada ao local e encontrou o suspeito já perto da sua habitação, tendo-o detido na rua e apreendido a navalha usada no crime.

A vítima, que sofreu um "corte ligeiro" numa mão, foi transportada para o Hospital de Viseu.

O casal estava desavindo desde dezembro, altura em que foram apresentadas as primeiras queixas na polícia por violência doméstica.

PUB

O alegado agressor não escondeu à polícia ter entrado na casa onde viveu, mas negou ter agredido a antiga companheira.

"Ele foi perentório ao afirmar que nunca agrediu, nem nunca quis agredir, nem usou a sua faca. Disse que foi tudo montado por ela e pelo seu familiar no sentido de o incriminar", avançou o subcomissário Luís Santos.

Esta terça-feira à tarde, o homem foi presente a um juiz de instrução criminal de Viseu, que decidiu libertá-lo, mas com a proibição de o mesmo de aproximar da mulher num raio de 500 metros. Para este efeito, vai ser controlado através de uma pulseira eletrónica.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG