Exclusivo

Vendem Porsche furtado, queixam-se de roubo e levam seguro a tribunal

Vendem Porsche furtado, queixam-se de roubo e levam seguro a tribunal

Carro de luxo foi viciado com dados de salvado alemão para ser "legalizado", vendido para Espanha e dado como roubado. Casal, vendedor e dono de oficina acusados pelo MP.

A viciação de um Porsche Cayenne furtado perto do Aeroporto do Porto, com elementos de identificação de um salvado comprado na Alemanha, permitiu a um casal andar durante cerca de um ano com um veículo de luxo, até o vender em Espanha.

Logo de seguida, foi dado como furtado pelo casal, que exigiu uma choruda indemnização à seguradora, mas esta recusou a pagar. O caso foi parar ao Tribunal da Póvoa de Varzim e seguiu até à Relação do Porto, onde os juízes deram razão à seguradora, por suspeitas de se tratar de uma burla. O Porsche seria apreendido em França, revelando o esquema de recetação, falsificação de documento, simulação de crime e burla qualificada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG