Pandemia

Hospital de Ponta Delgada suspende visitas a doentes internados

Hospital de Ponta Delgada suspende visitas a doentes internados

O Hospital de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, Açores, suspendeu as visitas aos doentes internados, como "medida de contenção" relacionada com a prevenção da infeção pelo coronavírus SARS CoV-2, que provoca a covid-19.

O Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), a maior unidade de saúde dos Açores, informou na sua página oficial na rede social Facebook que, "na sequência da evolução epidemiológica da pandemia da covid-19 na ilha de São Miguel, e após parecer" da comissão técnica de monitorização da covid-19 do hospital, foi determinada "a suspensão das visitas aos utentes internados".

A unidade de saúde justifica ainda a decisão com a "salvaguarda da segurança de todos os doentes", alertando estar salvaguardada "a presença do acompanhante na pediatria, neonatologia, cuidados paliativos, bloco de partos e obstetrícia", assim como "outras situações presentes na lei, mediante apresentação de teste de rastreio ao SARS CoV-2 negativo".

"Esperamos o ultrapassar desta fase da pandemia para retornarmos ao que até aqui tínhamos como política de visitas, recordando que, no HDES, as mesmas foram retomadas muito antes da generalidade dos Hospitais nacionais", refere ainda aquela unidade de saúde.

De acordo com o boletim desta sexta-feira da Autoridade de Saúde regional, os Açores têm 34 pessoas internadas com covid-19, mais uma do que na quinta-feira.

PUB

Em São Miguel estão a maioria dos internados, com 26 pessoas no Hospital do Divino Espírito Santo, dos quais sete em cuidados intensivos.

Na quinta-feira o diretor regional da Saúde, Berto Cabral, disse que, naquele hospital, tinha sido aberta "mais uma enfermaria com 26 camas para eventual necessidade de serem internadas mais pessoas" com covid-19, revelou.

O responsável indicou ainda que os centros de saúde de quatro ilhas nos Açores (São Miguel, Pico, Faial e Terceira) reduziram a atividade assistencial devido ao aumento de casos de infeção por SARS CoV-2 e ao reforço de vacinação e testagem.

Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 543 novos casos de covid-19, havendo ainda a registar um óbito e mais 225 recuperações, segundo o comunicado da Autoridade de Saúde Regional.

O arquipélago regista presentemente 3469 casos ativos, sendo 2337 em São Miguel, 545 na Terceira, 262 no Faial, 197 no Pico, 58 em Santa Maria, 41 nas Flores, 22 em São Jorge, quatro no Corvo e três na Graciosa.

A região contabiliza 54 óbitos associados à covid-19 desde o início da pandemia.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG