Exclusivo

Vale do Ave: Canto de amadores em filme sobre dores da pandemia

Vale do Ave: Canto de amadores em filme sobre dores da pandemia

Os dias mais duros do Vale do Ave levados à cena por uma centena de participantes do grupo Outra Voz.

Os portões da Escola Secundária Francisco de Holanda, em Guimarães, abriram-se, anteontem, por volta das 15 horas. Não havia aulas, mas o pavilhão desportivo acolhia mais um ensaio geral do grupo Outra Voz, que, no próximo dia 31, vai juntar cerca de uma centena de pessoas no palco do Centro Cultural Vila Flor para musicar um filme do qual também são protagonistas. Aquilo que foram as suas partilhas e sentires nos meses mais negros da pandemia serviu de inspiração para "Os que nele habitam", uma história ficcionada que tem o Vale do Ave como lugar comum.

"Sou uma lambona de abraços", atira Celeste Pinto, enquanto distribuiu afetos a quem chega ao pavilhão. "Isto é uma festa quando há ensaios gerais. Está tudo feliz e excitado", acrescenta Esperança Silva, não recusando os beijos e cumprimentos mais apertados. Pureza Silva, "a fotógrafa do grupo", vai captando tudo "às escondidas", enquanto também põe a conversa em dia. "Isto é uma família, tenho mesmo necessidade de estar aqui", confessa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG