Incêndio

Militares da GNR salvam idoso de casa em chamas em Vila Flor

Militares da GNR salvam idoso de casa em chamas em Vila Flor

Dois militares do Posto Territorial da GNR de Vila Flor resgataram com vida, esta quarta-feira de manhã, um idoso de 79 anos, acamado, que se encontrava no interior da sua habitação que estava a ser tomada pelas chamas, na aldeia de Freixiel.

Com essa rápida intervenção, o idoso e a mulher não sofreram qualquer ferimento. Já a casa foi consumida pelas chamas e o casal vai ser realojado em casa de familiares.

O alerta foi dado pela mulher, às 8.40 horas e a patrulha da GNR foi a primeira a chegar. "Os dois militares depararam-se com uma vivenda na qual já eram visíveis chamas e muito fumo, e uma senhora referiu que no interior da habitação estava o seu marido acamado", conta o comandante do Destacamento Territorial de Mirandela.

Os militares "entraram na habitação, atravessaram as chamas e acabaram por encontrar o idoso no quarto, retirando-o para o exterior da habitação", explica o capitão Hugo Torrado, que elogia a coragem dos dois militares naturais de Mirandela. "Orgulhosamente, cumpriram mais uma vez com a sua divisa Pela lei e pela grei, assumindo que são parte de uma força humana, próxima e de confiança".

Também o presidente da Câmara de Vila Flor esteve no local e deixou rasgados elogios aos militares da GNR. "Foi uma tragédia, mas graças à intervenção heroica dos militares salvaram-se duas vidas. Os militares da GNR chegaram e sem pensarem duas vezes entraram e retiraram com vida os habitantes", afirma Pedro Lima.

O autarca daquele concelho do distrito de Bragança estende os elogios aos bombeiros voluntários de Vila Flor. "Foi notável, a forma profissional e a entrega que tiveram no teatro de operações que era dantesco", sublinha.

São ainda desconhecidas as causas que levaram à ignição deste incêndio, que estão agora a ser alvo de investigação.

PUB

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG