Acidente

Mulher ferida após aeronave que pilotava ter capotado em Évora

Mulher ferida após aeronave que pilotava ter capotado em Évora

Uma mulher sofreu ferimentos considerados leves na sequência de um acidente com a aeronave ligeira que pilotava, cujo trem de aterragem se partiu, no Aeródromo Municipal de Évora, revelaram a Proteção Civil e PSP.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora disse à agencia Lusa que o acidente aéreo, cujo alerta foi dado aos bombeiros às 12.21 horas, aconteceu quando a aeronave se "estava a fazer à pista". "Quando a aeronave se fez à pista o trem de aterragem partiu-se e a aeronave capotou, provocando um ferido ligeiro", disse o CDOS, explicando que a piloto, a única ocupante, foi transportada para o Hospital do Espírito Santo de Évora.

Também contactada pela Lusa, fonte da PSP reiterou que o acidente se deu devido "ao trem de aterragem se ter partido" e acrescentou que a piloto "foi transportada para o hospital apenas por precaução", porque "não apresentava ferimentos visíveis".

O sinistro no Aeródromo Municipal de Évora implicou a mobilização de 12 operacionais, apoiados por seis viaturas, incluindo os bombeiros, PSP e Serviço Municipal de Proteção Civil.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG