Acidente

Homem morre após despiste de veículo e disparo acidental de arma de caça em Seia

Homem morre após despiste de veículo e disparo acidental de arma de caça em Seia

Um homem de 54 anos morreu, esta quinta-feira, ao final da manhã, em Seia, depois de se ter despistado a regressar a casa após uma manhã de caça e de a arma que o acompanhava ter disparado acidentalmente, atingindo-o.

Segundo o que o JN conseguiu apurar, a investigação apontava inicialmente para um possível suicídio, mas essa hipótese já terá sido descartada, estando agora em cima da mesa a tese de que a arma, que estaria no banco do passageiro, terá disparado inadvertidamente devido ao despiste do veículo.

Tudo indica que se tratou "do despiste de um veículo ligeiro seguido de disparo acidental com arma de caça", segundo disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda à agência Lusa. O alerta para o acidente, na EN231, em Tourais, do concelho de Seia, no distrito da Guarda, foi dado pelas 11.59 horas.

A vítima, antigo militar dos Rangers de Lamego, seria conhecida na região pela paixão pelas armas e pela caça.

De acordo com o CDOS, deslocaram-se ao local do acidente um total de oito veículos e 17 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Seia, da GNR, da Polícia Judiciária, da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital da Guarda e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O INEM mobilizou uma equipa psicossocial "para dar assistência aos familiares da vítima que se deslocaram ao local", segundo a mesma fonte.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG