Exclusivo

Alteração ao metrobus no Porto não compromete verba do PRR

Alteração ao metrobus no Porto não compromete verba do PRR

Ministério do Ambiente garante que "em nenhuma circunstância" os fundos ficarão em causa. Transporte não terá via dedicada, convivendo com os carros.

Mesmo sem via dedicada na Avenida do Marechal Gomes da Costa, o projeto para o metrobus no Porto continuará a ser financiado pelas verbas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), garante o Ministério do Ambiente. Apesar de os pressupostos em que o transporte foi candidato aos 66 milhões de euros terem mudado - vai conviver com os automóveis, ao contrário do que tinha sido inicialmente previsto -, a tutela afirmou, em resposta ao JN, que "em nenhuma circunstância ficarão em causa as verbas para a materialização do projeto previsto no PRR, sem prejuízo de eventuais alterações que venham a ser adotadas".

A questão colocou-se depois de o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, ter revelado, em Assembleia Municipal, que o transporte circulará na Avenida do Marechal Gomes da Costa "sem ser em via dedicada", indo "conviver com os automóveis".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG