Exclusivo

Cada vez há mais "esqueletos" de projetos encravados

Cada vez há mais "esqueletos" de projetos encravados

De Gaia a Vila do Conde, há obras marcadas pela contestação. Denúncia trava algumas obras, mas outras chegam mesmo a avançar.

Orla costeira e zonas fluviais ribeirinhas do Grande Porto continuam a ser apetecíveis para a construção, sendo muitas vezes difícil travar obras polémicas pela sua volumetria e impacto ambiental. Em alguns casos é alterado o método construtivo e o projeto é mantido. Noutros nada é feito e as empreitadas prosseguem e acabam por ser interrompidas. As indemnizações podem chegar aos milhões. E no terreno ficam os esqueletos de betão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG