Exclusivo

Universidade do Porto cria programa para atrair antigos alunos

Universidade do Porto cria programa para atrair antigos alunos

É um projeto a criar de raiz e que se inspira na experiência de algumas faculdades: a Universidade do Porto (UP) quer saber onde andam as pessoas que nela se formaram, congregá-las numa rede de contactos e proporcionar-lhes uma casa a que possam voltar. Chama-se Projeto Alumni, termo do latim que é usado para designar antigos alunos, e terá sede física no Palacete Primo Madeira, na Rua do Campo Alegre.

Localizado perto de um dos polos universitários e também de outros edifícios que fazem parte do património imobiliário da UP, o palacete que alberga o Clube Universitário do Porto já não está, desde finais de novembro, concessionado a uma empresa de restauração e organização de eventos sociais. Vai ser "uma casa, em primeiro lugar, para servir os antigos alunos", disse ao JN António Sousa Pereira, reitor da UP.

O Projeto Alumni nasce um pouco da experiência que a Faculdade de Economia e a Faculdade de Engenharia têm na relação com antigos estudantes e, também, porque os alumni são de "importância vital" para a UP, segundo o reitor. Em causa está um universo de pelo menos 118 mil pessoas (as registadas na base de dados da Universidade), a juntar ainda a antigos professores e funcionários.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG