Exclusivo

Gaia: Pavilhão no Parque de S. Caetano em risco de não avançar

Gaia: Pavilhão no Parque de S. Caetano em risco de não avançar

A Câmara de Gaia prepara-se para anular o concurso para a construção do pavilhão de Vilar do Paraíso, no Parque de S. Caetano, obra que gerou controvérsia e que motivou uma petição em defesa daquele espaço verde e de lazer.

A empresa a quem tinha sido entregue a empreitada não entregou a caução exigida, pelo que o Executivo deverá aprovar a intenção de declarar a caducidade daquela decisão. Caso a situação se mantenha e como não houve mais nenhuma proposta admitida, o concurso terá de ser anulado e o projeto fica em banho-maria. Para avançar com a obra, será necessário lançar novo procedimento.

A intenção da Câmara de Gaia era construir um pavilhão gimnodesportivo no lugar onde atualmente existe um campo de jogos a céu aberto. A obra previa a reorganização do espaço no Parque de S. Caetano, incluindo a implantação de um novo polidesportivo a sul do pavilhão, a criação de mais lugares de estacionamento, a melhoria dos acessos e a rearborização das zonas verdes. O novo pavilhão iria ocupar uma área de quase dois mil metros quadrados, tendo 275 lugares sentados e permitindo a prática de andebol, futsal, basquetebol e voleibol.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG