Tensão

Grande incêndio na área da Esplanada das Mesquitas em Jerusalém

Grande incêndio na área da Esplanada das Mesquitas em Jerusalém

Um incêndio, visível por mais de dois quilómetros em redor, irrompeu durante a noite na zona da Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, o terceiro local mais sagrado do Islão onde milhares de fiéis estavam presentes para orar. A causa do incêndio está ainda por esclarecer.

Nesta segunda-feira de manhã, confrontos entre manifestantes palestinianos e a Polícia israelita deixaram mais de 300 feridos na Esplanada da Mesquita, batizada de Monte do Templo pelos judeus. Várias salvas de foguetes foram lançadas ao início da noite a partir da Faixa de Gaza em direção a Israel, observou um jornalista da AFP no enclave palestiniano, ao mesmo tempo que soaram as sirenes de alarme em Jerusalém. O Muro das Lamentações, em Jerusalém, foi entretanto, evacuado.

Momentos antes, o movimento islâmico Hamas ameaçara Israel com uma nova escalada militar se as forças israelitas não abandonassem a Esplanada das Mesquitas e o bairro de Seikh Jarrah, ambas em Jerusalém Oriental, até às 18 horas locais (16 horas em Portugal continental). A Esplanada das Mesquitas e o bairro de Seikh Jarrah têm sido palco de violentos confrontos nos últimos dias entre palestinianos e polícias israelitas.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG