Exclusivo

"Imagina-te sem vida. Não nos esqueçam", pedem afetados pelo vulcão

"Imagina-te sem vida. Não nos esqueçam", pedem afetados pelo vulcão

Ao 96.º dia, o vulcão Cumbre Vieja descansou. É hora de pensar na reconstrução, mas "a zona mudou radicalmente" e há mais dúvidas do que certezas.

Invertem-se agora os papéis. O vulcão foi dado como extinto, depois de dez dias sem atividade, mas a angústia dos que perderam cresce, remexendo-lhes as entranhas como uma erupção iminente. Há mais de três meses que não se via sossego em La Palma, no arquipélago das Canárias, Espanha. A terra acordou, a 19 de setembro, confinou milhares de pessoas devido aos gases tóxicos e destruiu tudo à sua volta.

São mais de sete mil os habitantes arrancados de casa à força pela Natureza. Quase 500 estão alojados em hotéis, há quem durma em caravanas, vivendas de familiares e amigos. Voltarão a ter um teto? Onde e quando? Perguntas sem resposta para os deslocados do Cumbre Vieja. "Imagina-te sem casa, sem a tua vida e intimidade. Sem te poderes levantar e deitar quando queres ou cozinhar o que te apetece". O exercício, feito por Fátima Ramos, um dos rostos da Plataforma de Afetados pelo Vulcão, é simples e duro. Revelador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG