Lusodescendentes

O fado de Magaly, a nova estrela do Luxemburgo

O fado de Magaly, a nova estrela do Luxemburgo

É uma das mais promissoras atrizes lusodescendentes. Faz teatro, cinema e televisão e foi nomeada para o prémio de melhor atriz dos "óscares" do Luxemburgo. É da terceira geração de uma família de emigrantes portugueses no Grão-Ducado. No fado encontrou uma forma de cantar o seu amor por Portugal, a casa para onde sonha um dia voltar.

Há um ritual que Magaly cumpre religiosamente antes de entrar em cena. Uma hora antes do espetáculo, tem de estar sozinha, a ouvir fado. Coloca os fones nos ouvidos e deita-se no palco. Está no mundo dela. Na maior parte das vezes, ouve Ana Moura. É uma voz que a faz viajar, que lhe dá aconchego. Precisa de a ouvir para entrar dentro de si. Para estar próxima de si. Algo que a faça lembrar quem é e de onde vem.

Quem é a Magaly? "É a pergunta que eu mais detesto!", responde, entre risos, antes de abrir a cortina da história de uma lusodescendente que cresceu no Luxemburgo, mas sempre sentiu que Portugal era a sua casa. A sua vida podia ser uma peça de teatro. Ou um filme. Ela faz parte da terceira geração de uma família de emigrantes portugueses no Grão-Ducado.

Leia mais em Contacto

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG