Exclusivo

Turquia quer mudar de nome para não voltar a fazer figura de peru

Turquia quer mudar de nome para não voltar a fazer figura de peru

De "Turkey" para "Türkiye". Erdogan ordena mudança do nome do país, por orgulho nacional e por confronto ancestral com os dicionários ingleses.

Ordem do presidente Recep Tayyip Erdogan a todos os departamentos de Estado e sobretudo a todas as empresas exportadoras: a Turquia muda de nome, para "Türkiye", para recuar ao étimo e às raízes culturais otomanas; e, doravante, todos os produtos que de lá saem para o mundo passam também a ter a etiqueta "made in Türkiye". A razão próxima é a evocação histórica, mas a causa remota é o inconfessado melindre semântico anglófono. Os turcos não gostam nada de saber que o país é conhecido por "Turkey", que os dicionários da língua inglesa grafam homonimamente como nome do peru ou "pessoa estúpida".

Seja em que sentido for, os turcos não apreciam o nome inglês do país, muito menos que "Turkey", o peru, represente um embaraço nacional nas mesas ocidentais que celebram o Natal ou a festa americana do Thanksgiving Day, o Dia de Ação de Graças, que se celebra na quarta quinta-feira dos meses de novembro e que tem nos Estados Unidos uma expressão comunitária sem igual, de reunião familiar. É o "Dia do Peru", ou seja, o "Turkey Day", que causa tanta irritação na Anatólia e na Trácia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG