O Jogo ao Vivo

Estatística

A partir desta segunda-feira pode responder aos Censos 2021

A partir desta segunda-feira pode responder aos Censos 2021

Começa esta segunda-feira o prazo para responder, de forma eletrónica, às perguntas dos Censos 2021.

A operação estatística que vai permitir conhecer melhor a população portuguesa e as suas atuais condições de vida começou com a entrega em todas as casas de um código de acesso ao portal dos Censos. Na posse da senha, as famílias devem agora responder às questões.

"Os Censos com resposta eletrónica era já a opção estratégica do INE. Neste momento de saúde pública tão excecional como a que estamos a viver, esta opção de resposta revela-se ainda mais importante", disse Francisco Lima, responsável pelo Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Guardar os códigos

Por causa da pandemia, a resposta pela Internet é mais aconselhada. Para tirar dúvidas sobre os Censos já está disponível o número de apoio 210 542 021. Os cidadãos poderão também recorrer ao balcão E-censos na Junta de Freguesia da área de residência ou ainda solicitar os questionários em papel, para preenchimento e posterior entrega ao recenseador da área. Outra alternativa é esperar por nova visita do recenseador e aceitar que o mesmo faça a entrevista. Em todo o caso, é preciso ter sempre a carta com os códigos.

Pela primeira vez, uma parte do inquérito já está pré-preenchido tendo por base os dados recolhidos nos censos realizados há dez anos. Nas perguntas sobre a situação individual passa a figurar uma sobre motivo da migração, caso se aplique, e saíram perguntas sobre o local onde está a responder ao censo, o número de horas que se trabalha ou quantos trabalhadores tem a empresa, entre outras.

PUB

No item da habitação, há uma nova pergunta sobre há quanto tempo se mora no alojamento e se se beneficia de apoio ao arrendamento, saindo perguntas sobre o sistema de abastecimento de água, instalações sanitárias e de banho ou fonte de energia usada para aquecimento.

Como devo responder ao inquérito e o que devo fazer se não conseguir fazê-lo sozinho?

Deve responder aos Censos 2021 com a maior brevidade possível, a partir de hoje e até ao dia 3 de maio. Se não conseguir responder pela Internet (censos2021.ine.pt), solicite o apoio de familiares ou amigos, telefone para a linha de apoio 21 054 20 21, dirija-se à sua Junta de Freguesia (leve a carta do INE) ou aguarde pelo contacto do recenseador. O dia 19 de abril será o dia de referência para os Censos: constitui o momento ao qual todas as respostas se devem referir, garantindo assim o rigor nas contagens e afastando a possibilidade de omissões ou duplicações.

É obrigatório responder e fornecer dados pessoais?

Sim. Todos os inquéritos do INE são de resposta obrigatória, de acordo com a Lei 22/2008 de 13 de maio (Lei do Sistema Estatístico Nacional) e o Decreto-Lei n.º º 54/2019 de 18 de abril, que estabelece as normas a que obedece a realização dos Censos 2021. A não resposta ou a resposta inexata e insuficiente pode constituir uma contraordenação grave, com a aplicação de multas entre os 500 e os 50 mil euros. As respostas estão protegidas pelo segredo estatístico.

Como posso confirmar a identidade do recenseador?

Todos os recenseadores possuem um cartão de identificação com o nome e a foto, o logótipo do INE e a referência aos Censos 2021. A identificação poderá ser confirmada na Junta de Freguesia da área e em nenhum momento solicitam dinheiro ou a entrada no domicílio.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG