Exclusivo

Aborto: Ordem dos Médicos contra alargamento do prazo

Aborto: Ordem dos Médicos contra alargamento do prazo

Colégio de Obstetrícia baseia parecer negativo nos riscos clínicos, mas admite período de reflexão não obrigatório.

A Ordem dos Médicos (OM) é contra o alargamento do prazo legal da interrupção voluntária da gravidez (IVG), considerando que é "inadequado", tem riscos clínicos acrescidos e contraria as "legis artis". Mas há divergências internas sobre o caráter obrigatório do período de reflexão.

As posições do Colégio de Ginecologia/Obstetrícia e do Conselho Nacional de Ética e Deontologia Médica constam de um parecer, aprovado pelo Conselho Nacional Executivo da OM que foi enviado ao Parlamento no final do ano passado, a propósito de duas iniciativas legislativas que, entretanto, caducaram com a queda do Governo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG