Exclusivo

Desaire eleitoral leva BE, PCP e CDS a despedir e fechar sedes

Desaire eleitoral leva BE, PCP e CDS a despedir e fechar sedes

Cortes nas subvenções obrigam partidos a apertar o cinto e dispensar pessoal. CDS parte para rescisões amigáveis.

Partidos como o PCP, o BE e o CDS-PP estão a ser forçados a dispensar funcionários por causa dos resultados das legislativas, que provocaram cortes consideráveis nas subvenções públicas. A reestruturação interna está a levar bloquistas, partido onde se fala no despedimentos de 40 trabalhadores, e centristas a fecharem sedes locais. No PAN, ainda se estuda uma solução para o problema.

Com a perda de 250 mil votos e 14 deputados (passaram a ter cinco), os bloquistas deverão receber menos 3,1 milhões de euros de subvenção durante a próxima legislatura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG