Exclusivo

Embalagens de takeaway serão pagas em julho

Embalagens de takeaway serão pagas em julho

Governo adia a aplicação da contribuição de 30 cêntimos sobre recipientes de plástico.

A contribuição sobre as embalagens de utilização única de plástico usadas pelos restaurantes no takeaway e nas entregas ao domicílio foi adiada para o início do segundo semestre deste ano. Está prevista a cobrança de 30 cêntimos por cada unidade, suportada pelo cliente e que tem de ser discriminada na fatura.

Estas embalagens deveriam começar a ser pagas este mês, mas, em resposta ao JN, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática explicou que, em "função do contexto pandémico, da necessidade de adaptação dos operadores e de escoamento de stocks, a contribuição sobre as embalagens de plástico tem efeitos a partir de 1 de julho de 2022". O ministério referiu, ainda, que a "portaria que regulamenta a contribuição sobre as embalagens de utilização única adquiridas em refeições prontas a consumir, nos regimes de pronto a comer e levar ou com entrega ao domicílio, está assinada pelos dois ministros (Finanças e Ambiente), aguardando publicação".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG