O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Plataforma calcula exposição aos vírus dentro de um espaço

Plataforma calcula exposição aos vírus dentro de um espaço

Um software desenvolvido por Manuel Gameiro, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, permite simular a quantidade do ar e a de eventuais vírus a que as pessoas podem estar sujeitas dentro de um espaço. A investigação será brevemente apresentada numa associação internacional e tem interessados na Bélgica e na Austrália.

A plataforma trabalha com uma série de variáveis, como o número de pessoas no espaço, as dimensões, a circulação do ar e o escoamento das fontes poluentes. "Define emissor e recetor do vírus, se cada um está ou não a usar máscara, o tempo de meia vida do vírus (para que a concentração passe para metade) e faz a evolução do poluente e concentração de CO2", explica, ao JN Urbano, Manuel Gameiro.

O software parte do princípio que está uma pessoa no espaço infetada com um vírus, e são exibidas as quantidades de vírus que está a espalhar consoante está ou não com máscara, e se os recetores estão expostos a esse vírus, também consoante o uso ou não de máscara. "Temos um gráfico com nível de vírus contraído por pessoa com máscara e sem máscara, e temos uma série de variáveis que podemos colocar. Posso pôr um purificador de ar, simular uma sala fechada ou se há uma porta ou uma janela aberta", descreve o investigador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG