Boletim DGS

Novo recorde de casos diários em dia com 46 mortos por covid-19

Novo recorde de casos diários em dia com 46 mortos por covid-19

Em 24 horas, morreram 46 pessoas com covid-19 e foram confirmadas mais 43.729 infeções, um novo recorde diário. Três óbitos abaixo dos 50 anos. Mais de 42 mil recuperados.

Em plena quinta vaga da pandemia de covid-19, Portugal regista esta terça-feira um novo recorde de casos diários com 43.729 infeções pelo coronavírus SARS CoV-2, elevando assim o total de infetados para 1.950.620 desde que o primeiro caso foi confirmado no país, em março de 2020.

O anterior máximo de casos diários datava do passado dia 12, quando foram reportados 40.945 testes positivos em 24 horas.

Esta terça-feira há 46 óbitos associados à covid-19, depois de quatro dias consecutivos acima das 30 mortes. A maioria (25) ocorreu na região de Lisboa e Vale do Tejo, seguindo-se o Norte do país (11), a zona Centro (seis), a Madeira (três) e o Algarve (uma).

Três vítimas mortais tinham menos de 50 anos: um homem e uma mulher entre os 40-49 anos e um homem entre os 30 e 39 anos. Morreram 25 pessoas com 80 ou mais anos (12 homens e 13 mulheres), além de 12 na faixa etária dos 70-79 anos (sete homens e cinco mulheres). Há ainda a lamentar a morte de quatro sexagenários (um homem e três mulheres) e dois homens na casa dos 50 anos.

O número total de mortes por covid-19 subiu para 19.380 - 10.198 homens e 9182 mulheres.

PUB

Nos hospitais deram entrada mais 17 doentes com covid-19, estando agora internados 1955 infetados. Em cuidados intensivos há 160 pessoas em estado grave, ou seja, menos 14 do que na véspera.

Por outro lado, o número de recuperados chega perto do número de casos diários: são mais 42.055 pessoas sem infeção, num total de 1.598.454.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Direção-Geral da Saúde, há atualmente 332.786 casos ativos (mais 1628).

As autoridades de saúde têm 324.954 contactos em vigilância, o que representa mais 23.793 pessoas que estão em isolamento a recuperar da infeção no domicílio ou por terem tido um contacto de risco.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG