Televisão

Margarida Corceiro dedicada a "100%" ao trabalho

Margarida Corceiro dedicada a "100%" ao trabalho

Com o 12.º ano concluído, atriz garante que o foco está agora na carreira.

De salto alto e produzida, mas com a doçura dos seus 17 anos, Margarida Corceiro já está de pedra e cal em mais um projeto na ficção nacional. Na próxima novela da TVI, "Bem me quer", dará vida a Constança, uma jovem "vegan, ativista e muito preocupada com o Mundo, com o ambiente", antecipou em conversa com os jornalistas, à margem das gravações, que estão a decorrer em Aveiro. "Faço parte de uma família muito rica, mas não me identifico nada com ela", acrescentou. Na história, tem como pai a personagem de Pêpê Rapazote e será gémea de Lucas Dutra, o ator de quem foi namorada em "Prisioneira", o trabalho que marcou a sua estreia na representação.

Margarida "queria muito voltar" e, por isso, ficou entusiasmada com o convite. Aconteceu durante a quarentena e, entretanto, teve "aulas de voz, de corpo e de representação". "Estou mesmo a apostar nisto e estou a adorar. Já acabei o 12.º, o que permite dedicar-me a 100%", contou, revelando que não irá concorrer ao Ensino Superior: "Vou esperar um bocadinho. É disto que eu realmente gosto".

Questionada sobre o namorado, o futebolista do Atlético Madrid João Félix, Margarida colocou-se na defensiva, mas o brilho no olhar deixou perceber a paixão. O casal está junto há cerca de um ano e o relacionamento parece imune a polémicas.

Magui, como também é conhecida, antes ficava afetada com os comentários negativos nas redes sociais. "Mas agora estou habituada e já me passam ao lado", confidenciou, reconhecendo o quanto é importante o apoio dos pais.

PUB

A 26 de outubro atinge a maioridade e não esconde que é uma meta importante. Aliás, "comecei agora a tira a carta", revelou.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG