Sociedade

Espanha alerta para perigo de cheias nas margens dos rios Douro e Guadiana

Espanha alerta para perigo de cheias nas margens dos rios Douro e Guadiana

A chuva contínua e a previsão de uma tempestade para quinta-feira ameaçam os caudais dos principais rios espanhóis, entre os eles os transfronteiriços Douro e Guadiana, em risco de provocarem cheias, alertaram esta quarta-feira as autoridades espanholas.

A Direção-Geral de Proteção Civil e Emergências de Espanha alertou esta quarta-feira, e pelo segundo dia consecutivo, para o perigo de os principais rios espanhóis galgarem as suas margens, e recomendou "medidas de salvaguarda", sobretudo para as bacias dos rios Guadalquivir, Ebro, e os transfronteiriços Guadiana e Douro.

Na fronteira com Portugal, as autoridades espanholas estão preocupadas com a zona do rio Caia (conhecido como Caya do lado espanhol), onde na localidade de Rincón de Caya e próximo de Badajoz, há uma família de oito pessoas isolada pelas cheias que ainda não pode ser resgatada.

O rio Caia passa junto a Nisa, no distrito de Portalegre,

É em Badajoz que se centra esta quarta-feira o risco de inundações pela subida do nível das águas no Guadiana, onde podem ocorrer cheias que afetariam edifícios agrícolas e industriais.

O Guadiana provocou outras inundações ao longo da região de Badajoz, em consequência de diversas descargas das barragens La Serena, Orellana e Zújar.

Na noite de terça-feira, mais de 600 pessoas foram retiradas da localidade de Barbaño devido ao risco de inundações.

PUB

O rio Douro corria na tarde de terça-feira, junto à fronteira com Portugal, com um caudal de 2.202 metros cúbicos de água por segundo, segundo as autoridades de Espanha.

A quantidade de água acumulada no subsolo (lençóis freáticos) e o nível dos reservatórios, muitos já bastante perto da sua capacidade máxima, complicam a situação, numa altura em que se registou o recorde histórico para o mês de março relativamente ao nível de precipitação acumulada em todo o território espanhol, e que está três vezes acima do valor médio.

As zonas de maior risco são aquelas que foram identificadas pelo Sistema Nacional de Cartografia como "zonas de cheia" e que se concentram junto às margens dos maiores rios.

Mais Notícias (desktop)

Outros Conteúdos GMG